FANDOM


 Este artigo pertence à aventura Fogo das Bruxas 
Padre Leo

Padre Leonard York, ex-capitão de Cygnar

Ainda um noviço na igreja de Morrow, o Padre Leo é um homem no início dos 30, recentemente feito um caolho. Seu fisico largo e seu porte orgulhoso se destacam na posição de pouco prestígio que ele ocupa na igreja, revelando que ele tivera anteriormente um modo de vida diferente do atual.

Capitão York Editar

Nascido em uma abastada familia de comerciantes, Leonard nunca apresentou o gosto ou a afinidade para poder se unir ao ramo. Ele se uniu ao exercito do reino pouco depois do final de sua infância, e ao longo dos anos consolidou uma carreira modelo. Aos 20 anos já era capitão e liderava sua própria companhia, e aos 22 recebeu a honra de manter um estandarte próprio.

Foi por volta desta época que ele se casou. A noiva, filha de um nobre a quem ele serviu, teve de ser roubada para que pudesse comparecer à cerimônia que aconteceu sem aprovação de sua familia. Como York tinha o apoio da igreja, seu sogro não pode anular o casamento e por serem figuras conhecidas não se podiam tomar medidas mais drásticas quanto ao assunto. Porem o acontecimento não passou sem consequencias, e o capitão foi enviado para as fronteiras norte do reino, local de eterna disputa entre Cygnar e Khard, onde a luta é diária e a glória obtida não passa de rotina. Qualquer chance de ascenção nas fileiras morreu com esta transferência.

O que não se esperava era que Leonard acabou por desenvolver intensa paixão pela causa, e a luta inglória pela manutenção da fronteira o tomou completamente, a ponto de com os anos fazê-lo delegar sua família a uma posição de pouca importância em sua vida. York contrariou as expectativas e se tornou um nome conhecido nos fortes por todos o reino. Mas a cada dia se deixava levar mais pela luta, e passava semanas sem lembrar que tinha uma casa com esposa e filhos, permanescendo em campo, poucos quilometros longe da cidade.

Foi no outono de seu sétimo ano naquelas terras que uma patrulha avançada conseguiu passar pelo regimento do capitão, e invadiu Cygnar. Este grupo não tinha interesses de conquista terrotorial, e buscava apenas ferir a moral do reino. Eles incendiaram diversas vilas e cidades em um espaço de uma semana, e dentre eles, para o horror de Leonard, estava o lar de sua família.

Leonard abandonou seu posto e seguiu para o sul, sem certeza de para onde ir. Ele vagou por meses sem rumo, e perdido nos ermos, quase morto de exaustão e fome foi acolhido por um padre. Após uma semana convivendo apenas com o clérigo ele decidiu que também seguiria esta vocação. Rumando para Corvis, a maior cidade proxima na região, ele conheceu o Padre Pandor Dummas, que o acolheu na catedral da cidade, e o tomou como pupilo pessoal.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.