FANDOM


Histórico RelevanteEditar

De acordo com o que é identificado no Livro do Jogador, no cenário Pontos de Luz existiu no passado três impérios importantes, dois humanos - Bael Turath e Nerath - e mais um draconato - Arkhosia.

Na época, nobres de Bael Turath realizaram um pacto com diabos para obterem poder, tornando-se assim Tieflings, e depois investiram contra outros impérios para conquistar território. Arkhosia levantou suas armas contra Bael Turath, e no conflito, os dois impérios sucumbiram.

Tempos depois, Nerath também caiu, ainda sem confirmação, em uma guerra contra os Gnolls. Boa parte do que restou foi dividido em comunidades, feudos ou pequenos reinos, que vez ou outra entram em conflito.

O Vale do Rio ImperadorEditar

No nordeste do continente existe uma região conhecida como Vale do Rio Imperador, com um pouco mais de duzentos quilômetros quadrados de extensão. À nordeste está a cadeia de montanhas do Leão Adormecido, que abrigam o reino anão de En-kir. Este reino, contudo, realiza comércio e contato apenas com os povos que estão do outro lado da montanha. O vale também é cruzado pelo Rio Imperador, um dos mais importantes do continente, de origem subterrânea e totalmente navegável.

À sudoeste estão as duas cidades do vale, Miranda e Repouso. Ambas são medianas – cerca de 10.000 habitantes cada - e possuem uma milícia capaz de conter invasões inimigas, o que permite a existência de vilas pacíficas de halflings e humanos dentro do vale, que cultivam arroz, grãos e criam animais, produção que sustenta as duas cidades.

MirandaEditar

Das duas cidades, esta é a mais à noroeste. Embora a maioria da população seja de humanos, é possível encontrar um representante das raças mais afluentes no mundo dentro de suas muralhas.

Um fato curioso nesta cidade envolve o cargo do prefeito. A cada oito anos, uma família nobre assume a prefeitura, e ela seleciona um membro para atuar como prefeito. No mandato atual, o primeiro prefeito foi Honan Simotom, que faleceu depois de contrair uma doença grave. Logo após, seu irmão, Gean Simotom assumiu a prefeitura, mas morreu cinco meses depois ao contrair a mesma doença. Após este dois óbitos, Isaac Simotom tornou-se prefeito, exercendo o cargo até hoje.

É sabido na cidade que Isaac não foi preparado para ser um prefeito por sua família, mas bem ou mal realiza um bom trabalho. Algumas pessoas, entretanto, estão interessadas na continuidade de um dos trabalhos que Honan e Gean desenvolviam, o de criar mais templos para Bahamut, Pelor e principalmente Erathis.

Outros Locais RelevantesEditar

Ashuran: é o destino de Isaac, que usou um Circulo de Teleporte para sair de Miranda momentos antes do ataque da Mão Vermelha.

En-kir: Reino anão localizado nas montanhas do Leão Abormecido. Este reino possui contato e realiza comércio apenas com os povos que estão do lado nordeste das montanhas.

Danak: cidade anã abandonada séculos atrás quando o império de Nerath caiu. Ainda abriga uma série de galerias, tesouros, monstros e bandoleiros.

Dara: cidade contruída ao redor de uma árvore gigante numa ilhota de um lago escondido em Agrestia das Fadas. É necessário ser conhecido ou estar acompanhando alguém relevante para entrar.

Deserto Sermosinaspero: deserto que está à leste dos Montes Fenfir e à oeste de Shohkum.

Feltônia: cidade que está no meio dos Montes Fenfir. Ela possui um cânion que corta a cidade ao meio graças à um rio que, ao longo do tempo, foi arrastando o solo para formá-lo.

Kel: País no meio do deserto de Sermosinaspero e suprido com água pelo rio Osuli.

Montanhas do Leão Adormecido: Montanhas à nordeste do Vale do Rio Imperador. Nela esta o reino anão de En-kir.

Montes Fenfir: Montes que estão à oeste do Deserto Sermosinaspero.

Refúgio: Cidade à oeste de Miranda e também presente no Vale do Rio Imperador. Assim como Miranda, foi atacada pela Mão Vermelha.

Rio Osuli: Rio que corta o deserto de Sermosinaspero do norte ao sul. Nas suas margens, é possível cultivar grãos depois das épocas de cheia, de onde a população de Kel retira seu sustento.

Shohkum: cidade que pode abrigar a prisão de uma entidade aliada de Camuros. Boa parte da população é representada por meio-orcs e humanos. Shohkum faz parte do reino de Osat.

Sol Poente: Cidade principal de Kel, a capital do reino.

Tanardi: cidade à sudeste do Vale do Rio Imperador. Álvaro deixou alguns fugitivos de Miranda próximos para procurarem por abrigo.

Vale do Rio Imperador: um vale pacífico, protegido pelas Montanhas do Leão Adormecido à nordeste e pelas cidades Miranda e Refúgio à sudoeste.

Detalhes do CenárioEditar

  • Os anos são divididos em quatro meses, cada um representando uma das estações do ano. Os meses são Kinkel (Primavera), Iskel (Verão), Ankel (Outono) e Renkel (Inverno).

PersonalidadesEditar

Álvaro: Um poderoso mago humano que já correu o mundo. Quando resolveu descansar e se aposentar, mudou-se para Miranda e escolheu um aprendiz para passar seus conhecimentos, o Eladrin Sharp. É membro da ordem de Magos do Olho de Bedron e, após o ataque à Miranda da Mão Vermelha, seguiu para Dara. Agora pretende ir atrá de Isaac investigar o que está acontecendo.

Anis: Um orc aliado de Asterdan, originário de Shohkum e com informações sobre o que a Mão Vermelha faz lá.

Arden: Eladrin membro da força militar que protege Dara, a cidade em Agrestia das Fadas.

Asterdan: Meio-Orc líder do clã Kresh, de Shohkum. Fugiu de lá quando Nicolas apareceu com a Mão Vermelha, escravizando seu povo e forçando-os a trabalhar em escavações. Foi capturado em Sol Poente e mantido preso já que roubou uma chave de Nicolas, a mesma que ele tomou na torre de Álvaro.

Augustad: Um general orc que está em Shohkum junto com a Mão Vermelha.

Camuros: possivelmente uma das entidades imortais comentadas pelo Oráculo. Naorn afirmou que ele é membro de um grupo conhecido como as Dez Cabeças.

Daron: um nobre do país de Kel interessado nos objetivos do grupo. Possui um senescal chamado Adran.

Douglas: Um nobre de Sol Poente a favor da Mão Vermelha. Foi visto acompanhando um clérigo da Rainha de Rapina.

Issac Simotom: Prefeito da cidade e terceiro filho dos Simotoms, que assumiu o cargo de prefeito após a morte de seus dois irmãos mais velhos. Está envolvido com a Mão Vermelha.

Keslan: Um clérigo de Moradin que vive na cidade de Sol Poente.

Motir: Cavalheiro servo de Bahamut que encontrou o grupo enquanto procurava abrigo da chuva num moinho antigo. Contou ao grupo que mercadores foram seqüestrados por goblins e pediu que os resgatassem.

Morgus: Um nobre de Sol Poente que demonstra ser à favor da Mão Vermelha. Foi assassinado após a confusão que se seguiu com o esquema da manipulação dos jogos na arena.

Naorn: mago e prefeito de Dara, membro da Ordem do Olho de Bedron e amigo de Álvaro.

Nicolas Simotom: Sobrinho de Isaac e filho e Gean Simotom, irmão de Isaac. Elaborou um plano para entrar na torre de Álvaro e roubar uma chave e um mapa da região de Shohkum.

O Orc Amarrado: Alguém muito, MUITO PODEROSO.

Tasche: mercador de Feltônia que foi resgatado pelo grupo de um exército goblin escondido em uma fortaleza anã. Possui uma mulher e filha, Verine e Loris, e dois leões de chácara, Torg e Daes.

Valkar: Um gladiador famoso. Foi morto por Shokan quando o enfrentou na arena.

Wander: Um paladino servo de Bahamut e comandante da milícia de Miranda. Não é conhecido seu destino após o ataque à cidade.

Lista dos JogadoresEditar

  1. Bruno Leão - Guthrun (Anão Clérigo - Líder)
  2. Carlos Henrique - Rudolf (Meio Elfo Paladino - Defensor)
  3. Daniel Balague - Damon Quinn (Humano Bruxo - Agressor)
  4. Guilherme Balarin - Shokan Trask (Meio Orc Ladino - Agressor)
  5. Lara de Paula - Tigh (Goliath Warden - Defensor)
  6. Lucas Marcílio - Zanne (Humano Ranger Estilo Duas Espadas - Agressor)
  7. Marcos Henrique - Irim (Draconato Clérigo - Líder)
  8. Matheus Marcílio - Sharp (Eladrin Mago - Controlador)
  9. Nitai Fernandes - Bharash (Draconato Guerreiro - Defensor)
  10. Paola Rodrigues - Anna (Deva Invocadora - Controlador)
  11. Paulo Henrique - Dedo Empoeirado (Humano Ranger Estilo Arqueiro - Agressor)
  12. Waldnei Almeida - Leônidas Router VI (Tiefling Senhor da Guerra - Líder)

Itens Mágicos & RecursosEditar

  • Um par de Pedras Mensageiras (Livro do Jogador P254), que permite a comunicação;
  • Uma capa Eladrin de Exploração, que garante +2 em Furtividade e protege contra o frio e a chuva;
  • Um machado de duas mãos com o encantamento Bloodclaw Weapow +1 (Adventurer's Vault P66) chamado O Separador;
  • Um Símbolo Sagrado Mágico +1 (Moradin - Livro do Jogador P242) e um Símbolo da Vida +1 (Moradim - Livro do Jogador 242);
  • Um traje para mago com o encantamento Veteran Armor +1 (Adventurer's Vault P56);
  • PO 1080.

Resumo das SessõesEditar

  • Sessão 01 - 19/12/2009: É dado como sumido o sobrinho do Prefeito, Nicolas. O grupo de aventureiros é reunido por Wander e Alvaro para procurarem pelo garoto. Acabam encontrando, fora da cidade de Miranda, um grupo de Gnolls que não realizaram contato e vários mortos de uma vila próxima.
  • Sessão 02 - 27/12/2009: O grupo se divide; uma parte pretende queimar os mortos para evitar que se levantem como mortos vivos enquanto o outro continua seguindo rastros de quem acreditam ser de Nicolas. O primeiro grupo, mesmo queimando a maioria dos corpos, acaba enfrentando e vencendo alguns que se levantaram. O outro encontra Nicolas num acampamento de orcs e os enfrentam para libertá-lo.
  • Sessão 03 - 30/12/2009: O grupo volta para Miranda com Nicolas disfarçado e deixam-no na torre de Álvaro por segurança. Começam a investigar o que está acontecendo e descobrem algum envolvimento estranho entre Isaac e a Mão Vermelha. Também descobrem que Nicolas está envolvido com os Gnolls. Este tentou matar Álvaro, roubou-lhe um mapa e fugiu. Depois deste fato, Álvaro foi se entender com Isaac para descobrir o que está acontecendo.
  • Sessão 04 - 10/01/2010: O grupo suspeita que Isaac esteja em conluio com Nicolas, contudo, não conseguem fazer mais perguntas já que Isaac fugiu usando um circulo de teleporte, com destino para um local chamado Ashuran. Miranda e atacada pela Mão Vermelha, um exército formado por Orcs, Bárbaros, Gnolls e mortos vivos, além de um Dragão Vermelho que ateou fogo na cidade. Álvaro pede ao grupo para seguir ao Rio Imperador, onde ele estará aguardando para irem à outra cidade, Dara, em Agrestia das Fadas.
  • Sessão 05 - 17/01/2010: As cidades de Miranda e Refúgio são fortemente atacadas pela Mão Vermelha e por quatro dragões, dois vermelhos e dois negros. O grupo, incentivados por Álvaro, seguem para o Rio Imperador, pegam um barco fogem do ataque. Álvaro leva-os para Dara, uma cidade em Agrestia das Fadas, onde se encontram com Naorm, membro da ordem de magos do Olho de Bedron. De Dara, o grupo decide seguir para a região da vila orc de Shohkum investigar os objetivos de Nicolas e da entidade Camuros.
  • Sessão 06 - 23/01/2010: Depois que foram deixados por Arden em um bosque para seguir viagem à Shohkum. Esta viagem permitiu que o grupo substituí-se doze dias de viagem à pé em cinco de barco. O grupo de aventureiros caminhou por três dias, passando por uma floresta relativamente densa e chegando numa planície com alguns animais selvagens. No terceiro dia, encontraram abrigo contra uma chuva torrencial num moinho abandonado. Enquanto descansavam, o cavalheiro viajante Motir, servo de Bahamut, apareceu no moinho também atrás de abrigo. Depois de alguma conversa, Motir informou o grupo que há um dia caminhava junto com mercadores quando foram atacados por goblins; somente ele conseguiu escapar. Parte do grupo seguiu até o esconderijo goblin, e depois de enfrentar uma pequena tropa, conseguiu chegar aos mercadores seqüestrados. Nota: Dias 9/70; destino em 14 dias.
  • Sessão 07 - 31/01/2010: Depois de resgatar Tasche, o mercador, seus companheiros e família, o grupo abandonou o esconderijo goblin e continuou seu caminho para leste, chegando em Feltônia depois de cruzar parte dos Montes Fenfir e se hospedando por um dia na casa de Tasche. Tomaram rumo assim que possível para leste, passando pelo resto dos Montes Fenfir e chegando ao Deserto Sermosinaspero. Nele, resolveram caminhar durante à noite, quando encontraram um grupo de orcs que seguiam para oeste. Os heróis confrontam os orcs e, embora o combate tenha sido difícil, conseguem vencê-los. Nota: Dias 13/70; destino em 10 dias.
  • Sessão 08 – 07/02/2010: Após o combate contra os orcs, o único capturado é interrogado. Momentos depois ele consegue fugir, mas é seguido pelo grupo,que chega num refúgio o meio do deserto onde encontram mais orcs da Mão Vermelha. Depois de vencê-los, conseguem libertar o meio-orc Asterdan, de Shohkum. Nota: Dias 13/70 noite; destino em 7 dias.
  • Sessão 09 – 16/02/2010: O grupo conhece melhor Asterdan, um meio-orc que lidera uma milícia com o objetivo de livrar Shohkum da Mão Vermelha. Seguem para Sol Poente, capital do reino de Kel, e descobrem que a Mão Vermelha sabe da presença e de parte do objetivo do grupo. Geram confusão na cidade, mas também podem ter ganhado um aliado, um nobre chamado Daron. Nota: Dias 18/70, noite.
  • Sessão 10 – 28/02/2010: Daron explica que alguns nobres de Kel pretendem financiar a campanha da Mão Vermelha através de apostas num combate armado entre gladiadores, já que o rei de Kel exerce controle rígido sobre os recursos que o reino possui. Bharash e Shokan lutam na arena e impedem o esquema junto com Guthrum - que o desmascarou - deixando a Mão Vermelha sem seus recursos. Contudo, enquanto comemoravam, são informados por Adran que Morgus, um nobre à favor da Mão Vermelha, foi assassinado e seu dinheiro das apostas, levado. Nota: Dias 22/70.

Links Externos ÚteisEditar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.